DW AngolaOnline Library

Online Library

Conflict & Collaboration for Water in Angola's Post-War Cities

Allan Cain
Monday, 1 September, 2014

This chapter in Post-Conflict Natural Resource Water Management begins by outlining the structure of water services in Angola after more than forty years of conflict and then, focusing on Luanda in particular, discusses the importance of the informal water market, the main water provider for most of the urban poor. Based on the knowledge gathered by the Development Workshop, the chapter examines Luanda’s peri-urban water value chain and uses value chain analysis to assess Luanda’s water economy. Several factors affecting success in promoting post-conflict access to water are highlighted, including the need for cooperation with informal water service providers, addressing unresolved issues with those providers, and the importance of social capital in the informal water sector. The chapter examines key elements of community-based water management, particularly robust and low-cost technology, sustainability strategies, and water committees and associations, and concludes with recommendations for national post-war strategies.

Angola Monitor Issue 3.2014 - English

Action for Southern Africa
Monday, 25 August, 2014

The Angola Monitor covers the politics, economics, development, democracy and human rights of Angola. It is published quarterly by Action for Southern Africa (ACTSA). The Monitor is produced in English and Portuguese. ACTSA has published the Angola Monitor since the mid 1990s.

This issue covers in Political News: DRC Angola maritime border dispute resurfaces; Preliminary census results expected in September; Chinese Premier visits Angola; President appoints new defence minister; Brazil: Presidential visit strengthens political and economic ties; Angola and Cuba sign agreement of cooperation; Building British interests in Angola and Priorities for International Cooperation. In Economic News: Luanda rated as the most expensive city; Portuguese banking crisis could affect Angola; Loan agreed for energy sector overhaul; Demand for dollars remains strong; Cement imports remain high despite ban and new investment in textile industry should produce jobs. In Human Rights News: DRC Nationals charged with provocation of war and Police beat and detain 20 protestors.
Aid and Development News; Mine clearance makes way for return of 5,000 people and Drought risk reduced in some areas.

CACUACO ATLAS (ENGLISH)

Development Workshop
Friday, 15 August, 2014

Cacuaco is a large and diverse municipality that spans dense urban neighborhoods, coastline, and agricultural areas. Cacuaco added more than 850,000 residents between 2000 and 2008. The population increased at an annual rate of 28.8%. in fact, Cacuaco had the second highest annual rate of growth in Luanda after Viana. The residents and organizations of Cacuaco are already working together with the municipal administration to make significant improvements to public services through the Cacuaco Forum. The Cacuaco Atlas provides a guide to both community members and local government to study the characteristics and conditions of the community. In 2012, the Forum surveyed over 1,000 households about basic services and conditions in Cacuaco. The result of the survey are presented in the Cacuaco Atlas along with other data collected by Development Workshop.

Created by: the Cacuaco Forum in collaboration with the Government of Angola, Bill & Melinda Gates Foundation and Development Workshop.

ATLAS DE CACUACO (PORTUGUESE)

Development Workshop
Friday, 15 August, 2014

Cacuaco é um município amplo e diversificado que abrange bairros urbanos densos, linha costeira e áreas agrícolas. Está crescendo e mudando muito rapidamente também. Cacuaco cresceu mais de 850 mil moradores entre 2000 e 2008. A população aumentou a uma taxa anual de 28,8%. Na verdade, Cacuaco teve a segunda maior taxa anual de crescimento de Luanda depois de Viana. O Atlas de Cacuaco deve fornecer um guia aos membros da comunidade e governos locais para estudar as características e as condições da comunidade. Em 2012, o Fórum Cacuaco questionou mais de 1.000 famílias sobre serviços básicos em Cacuaco. Os resultados da pesquisa são apresentados no Atlas de Cacuaco juntamente com outros dados compilados pelo Workshop de Desenvolvimento..

Criado pelo: Fórum Cacuaco em colaboração com o Governo de Angola, Bill & Melinda Gates Foundation e Development Workshop.

CACUACO ATLAS POSTER (ENGLISH)

Development Workshop
Friday, 15 August, 2014

One page poster PDF created by the Cacuaco Forum in collaboration with the Government of Angola, Bill & Melinda Gates Foundation and Development Workshop.

CACUACO ATLAS POSTER (PORTUGUESE)

Development Workshop
Friday, 15 August, 2014

Uma página poster PDF criado pelo Fórum Viana, em colaboração com o
Governo de Angola, Bill & Melinda Gates Foundation e Development
Workshop.

VIANA ATLAS (ENGLISH)

Development Workshop
Friday, 1 August, 2014

Viana’s population grows everyday as people move to Luanda, Angola and the neighboring area to find employment and housing. Viana is one of the fastest-growing regions of Luanda because it still has large amounts of open land. People from other parts of Luanda come here looking for plots. The arrival of new people influences the available housing, physical streetscapes, and residents’ potential physical risks. Rapid growth brings with it challenges such as finding ways to provide schools, health facilities and basic services to a growing population. The Municipal administration, citizens and civil society organizations of Viana are finding ways to meet these challenges and the Viana Atlas shares examples of ways in which urgent needs are being met.

Created by: the Viana Forum in collaboration with the Government of Angola, Bill & Melinda Gates Foundation and Development Workshop.

ATLAS DE VIANA (PORTUGUESE)

Development Workshop
Friday, 1 August, 2014

A população de Viana cresce todos os dias pois ha mais pessoas que se deslocam para Luanda e áreas vizinhas para tentar encontrar emprego e habitação. Viana é uma das regiões de Luanda com crescimento mais rapido porque ainda tem grandes quantidades de terra desabitada. pessoas de outras partes de Luanda deslocam-se para aqui à procura de terrenos. a chegada de novas pessoas influencia a habitação disponível, a paisagem urbana e potencia riscos físicos para os moradores. A Administração municipal, os cidadãos e as organizações da sociedade civil de Viana estão a encontrar maneiras de atender a essas desafios e o Atlas de Viana partilha exemplos de maneiras pelas  quais as necessidades urgentes estão a ser atendidas.

Criado pelo: Fórum Viana em colaboração com o Governo de Angola, Bill & Melinda Gates Foundation e Development Workshop.

VIANA ATLAS POSTER (ENGLISH)

Development Workshop
Friday, 1 August, 2014

Two page poster PDF created by the Viana Forum in collaboration with the Government of Angola, Bill & Melinda Gates Foundation and Development Workshop.

POSTER DE ATLAS DE VIANA (PORTUGUESE)

Development Workshop
Friday, 1 August, 2014

Viana é uma das regiões em maior crescimento de Luanda porque ainda tem grandes quantidades de espaços abertos. O rápido crescimento traz com ele novos desafios, tais como encontrar formas de fornecer as escolas, unidades de saúde e serviços basicos para uma população crescente.

VIANA ATLAS POSTER (PORTUGUESE)

Development Workshop
Friday, 1 August, 2014

Dois página poster PDF criado pelo Fórum Viana, em colaboração com o Governo de Angola, Bill & Melinda Gates Foundation e Development Workshop.

ONDAKA Numéro 1408 2014

Friday, 1 August, 2014

Desaparecem os homens, mas ficam na memória os feitos que os identificam. A inesquecível figura e incomparável a nível de Angola e não só, Doutor António Agostinho Neto foi mais uma vez recordada pela Nação Angolana na data que marcou o dia do seu desaparecimento físico.Se
estivesse vivo Neto teria 92 anos. No Huambo a data não passou despercebida a ninguém, divididos em grupos, todos festejaram. O acto central ocorreu no município do Longonjo com varias actividades políticas e sóciais. Mas os homens da escrita, trova, declamadores reuniram-se no Instituto Médio Agrário (I.M.A), onde foi formado mais um núcleo da brigada jovem de literatura e teve lugar uma palestra sobre a vida e obra do primeiro presidente de Angola, foi ministrado.

 

O Monitor de Angola N° 3.2014 - Português

Ação pela África Austral
Friday, 25 July, 2014

O Monitor de Angola aborda política, economia, desenvolvimento, democracia e direitos humanos em Angola. É publicado trimestralmente pela Ação pela África Austral (ACTSA).

Esta edição cobrirá - Política: Ressurgem disputas por fronteiras marítimas entre Angola e a República Democrática do Congo; resultados preliminares do censo são esperados para setembro; premiê chinês visita Angola; presidente empossa novo ministro da Defesa; Brasil: visita presidencial reforça laços econômicos e políticos; Angola e Cuba assinam tratado de cooperação; Interesses britânicos são ampliados em Angola, e as prioridades para a cooperação internacional. Economia: Luanda foi classificada como a cidade mais cara; crise dos bancos portugueses poderá afetar Angola; empréstimo cedido para renovação do setor energético; demanda por dólares permanece alta; apesar de proibição, importação de cimento continua alta; novos investimentos na indústria têxtil deverão criar empregos. Direitos humanos: Cidadãos da RDC são acusados de incitação à guerra; polícia agride e prende vinte manifestantes. Ajuda e desenvolvimento: Retirada de minas terrestres permite retorno de cinco mil pessoas; risco de seca reduzido em algumas áreas.

Focus group with women from Cazenga, Kilamba Kiaxi and Sambizanga

Development Workshop
Thursday, 24 July, 2014

13 women and 2 moderators participated in this focus group. The women represented the Municipalities Cazenga, Kilamba Kiaxi and Sambizanga. The moderator was Mr. Joa Domingo and the auxiliary moderator was Casimiro Costa. Sample question: Do you think that, in the last ten years, enough decent jobs have been created in your communities?

Plano Director Municipal de Viana: Programa de Execução e Financiamento

Governo de Angola Ministério do Urbanismo e Habitação, Governo Provincial de Luanda
Tuesday, 1 July, 2014

A concepção de administração local descentralizada tem como objectivo garantir ao poder público angolano maior capacidade de actuação: a) Na resolução eficiente dos problemas enfrentados pela população residente na localidade; b) Na coordenação entre os diferentes actores públicos e privados no que diz respeito ao planeamento e à gestão pública urbana. O problema de gestão é acentuado quando se tem em vista o ritmo excepcional de crescimento experimentado por Angola nos últimos anos. No período de paz este crescimento tem revelado o grande dinamismo que pode propiciar o espaço urbano, o que, entretanto, demanda o devido ordenamento urbano para a plena efectividade.

Plano Director Municipal de Viana: Trabalho de Campo

Governo de Angola Ministério do Urbanismo e Habitação, Governo Provincial de Luanda
Tuesday, 1 July, 2014

A elaboração de Planos Directores Municipais tem como enquadramento legislativo os seguintes diplomas fundamentais: a Lei n.o 3/04, de 25 de Junho que define a Lei do Ordenamento do Território e do Urbanismo (LOTU) e o Decreto n.o 2/06, de 23 de Janeiro que constitui o Regulamento Geral dos Planos Territoriais, Urbanísticos e Rurais (RGPTUR). A Lei do Ordenamento do Território e do Urbanismo, visa “...o estabelecimento do sistema de ordenamento do território e do urbanismo e da sua acção política”, sendo que o Regulamento Geral dos Planos Territoriais, Urbanísticos e Rurais concretiza as directrizes definidas por esta lei, regulando a execução e aprovação dos instrumentos de gestão territorial.

ONDAKA Numéro 1407 2014

Tuesday, 1 July, 2014

Durante o ano de 2013, a província do Huambo firmou-se no mercado da escrita positivamente, e em 2014 o senário continuou. Grandes escritores que por amor à poesia, romance e prosas, mostraram ao povo Angolano, não só, que a melhor escrita pode sair de diversas partes do país, apostando em publicações de várias obras. Em entrevista o secretário provincial da brigada jovem de literatura «João Lara Hotalala» disse ao jornal a brigada jovem de literatura, temos vindo a realizar programas ou actividades de carácter literários, como: palestras, capacitação literária, incetivar a leitura aos jovens, promover lançamentos de livros. Também temos na forja um vasto projecto literário que culminará no dia 26 de Setembro, isto com apresentação do livro o germinar no chão fértil do planalto. Esta obra é uma antologia que congrega jovens poetas do Huambo e alguns convidados, como: Jovens de Benguela, Lubango. E para saudar o dia do poeta maior temos em vista uma festa de poesia na biblioteca Constantino Kamõli no dia 17 de Setembro.

Análise dos Dados históricos da precipitação para Angola- CETAC

Monday, 16 June, 2014

O objectivo geral do projeto é o de reforçar os esforços de Angola na adaptação às alterações climáticas através do desenvolvimento de ferramentas e fornecer informações que colmatar as lacunas de informação sobre os padrões de chuva e hidrologia e seu provável impacto sobre os riscos ambientais e os problemas de abastecimento de água em áreas urbanas costeiras de Angola.

SDG Right to Water and Sanitation Letter

SDG
Thursday, 12 June, 2014

Development Workshop urges the General Assembly’s Open Working Group on the Sustainable Development Goals (SDG) to explicitly affirm its commitment to protect and promote the human right to water and sanitation within the SDG framework and implementation. We join the repeated and insistent calls from civil society around the world to ensure that the SDGs are explicitly aligned to the human rights framework.

O Direito à Água e ao Saneamento - Substancial e Para Ontem

Economia E Mercado
Sunday, 1 June, 2014

A relação entre água, saneamento e higiene com saúde, qualidade de vida e perspectivas de uma vida futura melhor e digna e conhecida desde há muito.

ONDAKA Numéro 1406 2014

Development Workshop
Sunday, 1 June, 2014

O dia 1 de Junho na Província do Huambo foi marcado com varias actividades, onde os petizes mostraram os seus dotes. Criança a patinar, tocando instrumentos musicais e outras mostrando que são os futuros no canto, assim, cantaram e encantaram o público que ali se fazia presente.Como crianças tem poder ao mundo inteiro, a festa continuou até o dia 16 onde mostraram suas satisfação e insatisfação perante os governantes da provincia e directores de vários sectores do estado. Guilherme Tuluka vicegovernador para área política e social também se fez presente como prelector
da actividade, Disse: “ Fica complicado fazer um discurso perante uma organização das nossas crianças que mostraram sua capacidade de organizar um encontro, com a presidência e o secretariado constituído de forma como vimos. Prefiro talvez interagir com as crianças, começando
por recordar que estamos no mês especialmente dedicado a criança

Angola National Report for Habitat III: On the implementation of the Habitat II Agenda (Draft)

Development Workshop, Angolan Habitat III Expert Commission
Sunday, 1 June, 2014

In the Habitat Agenda adopted in 1996, heads of state and governments committed themselves to two main goals, i.e., “Adequate Shelter for All” and “Sustainable Human Settlements in an Urbanizing World”, and to implement a plan of action based on these goals. In the Millennium Declaration, heads of state and governments committed themselves to improve the lives of at least 100 million slum dwellers by 2020. They also committed themselves to halve, by 2015, the proportion of the population without adequate sustainable access to drinking water and basic sanitation. This Angolan Draft National Report reviews the implementation of the Habitat II agenda and other relevant internationally-agreed goals and targets. It also discusses new challenges, emerging trends and a prospective vision for sustainable human settlements and urban development.

Junho 2014

A Voz de Cacuaco
Sunday, 1 June, 2014

A edição de junho levanta o problema da falta de um fornecimento elétrico regular em Cacuaco e reclama do alto preço que os cidadãos devem pagar pelo serviço. Um artigo principal centra-se na conferência da sociedade civil provincial e uma reflexão sobre a consulta municipal sobre o orçamento do Estado OGE.

Angola’s General Population and Housing Census

Instituto Nacional de Estatística de Angola
Friday, 30 May, 2014

Angola’s General Population and Housing Census, the first for 40 years, began on 16 May 2014. The previous census in Angola had been carried out in 1973, during the colonial period. Instituto Nacional de Estatística de Angola (INE) is temporarily employing over 65,000 people to administer the questionnaires. The provisional results of the Census are expected to be published three months after the end of the process.

O Censo Geral da População e Habitação de Angola, o primeiro por 40 anos, começou em 16 de maio de 2014. O censo anterior, em Angola foram realizadas em 1973, durante o período colonial. Instituto Nacional de Estatística de Angola (INE) está empregando mais de 65.000 pessoas temporariamente para administrar os questionários. Os resultados provisórios do Censo são esperados para ser publicado três meses após o fim do processo.

O Monitor de Angola N° 2.2014 - Português

Ação pela África Austral
Friday, 30 May, 2014

O Monitor de Angola aborda política, economia, desenvolvimento, democracia e direitos humanos em Angola. É publicado trimestralmente pela Ação pela África Austral (ACTSA).

Esta edição cobrirá - Política: Primeiro censo em 44 anos; presidente acusa MPLA por ineficiência; visita do presidente congolês; oposição demanda eleições locais; cresce tensão entre MPLA e UNITA; aquecimento das relações franco-angolanas; Angola e Estados Unidos se comprometem a aumentar o comércio bilateral. Economia: Nova tarifa alfandegária para a importação de bens; a classificação de crédito de Angola é rebaixada; rodada de propostas para leilão de petróleo onshore é anunciada; De Beers planeja nova concessão para exploração de diamantes; FMI faz apelo por maior transparência financeira. Direitos humanos: Anistia Internacional critica falta de avanço na área de direitos humanos; Angola recebe a Comissão Africana dos Direitos Humanos e dos Povos; radialista é condenado por difamação. Assistência e desenvolvimento: Possibilidade de piora da situação de segurança alimentar em Benguela e Kwanza-Sul; Banco Africano de Desenvolvimento concede empréstimo ao setor elétrico; novo ponto de passagem na fronteira com a Namíbia é planejado.

AddThis