DW Angola Reservas da Segurança Social Declínio, artigo na Revista

Reservas da Segurança Social Declínio, artigo na Revista

01/10/2013

Artigo na Revista Economia & Mercado de Outubro de 2013: Entre 2009 e 2012, e apesar de ter registrado um aumento nas receitas de contribuições, as reservas do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) registrou uma redução, mostrando a aumento das despesas com benefícios de colocar em risco a sustentabilidade deste serviço.

Em 2012 , de acordo com o coordenador da Segurança Social arrecadou mais de 732 milhões, comparado a um custa 494 510 000, o que representa um excedente de 238,11 milhões de dólares. No entanto, este é menor do que em 2009, quando a instituição registrou um saldo positivo de 252,70 milhões de dólares em receitas. O aumento na arrecadação de receitas do INSS resulta de uma expansão dos serviços em todo o país. 1.191.655 contribuintes foram servidos em julho de 2013, em comparação com cerca de 800 000 registrados em 2009.

O Sistema de Segurança Social de Angola actualmente atinge os funcionários de 72.972 empresas cujas contribuições são equivalentes a 8% da renda do trabalho tributável, e 1.118.683 que têm descontos de 3% de seus salários. Os problemas mais críticos do Serviço de Segurança Social é a exclusão de trabalhadores no setor do mercado informal de beneficiar do sistema e do fracasso de algumas empresas para pagar suas contribuições exigidas no tempo. O portfolio da Segurança Social é gerenciado de forma conservadora, com reservas financeiras depositados em bancos comerciais, investiu nos mercados imobiliários e de 15% de participação participações no banco estatal BPC.

DOWNLOAD PDF:

ENGLISH:

Article from Revista Economy & Markets (October 2013): Between 2009 and 2012, and despite having registered an increase in revenues contributions , the reserves of the National Institute for Social Security (INSS) recorded a reduction, showing the increased expenditure on benefits putting at risk the sustainability of this service. In 2012, according to the coordinator Social Security grossed over 732 million, compared to a expense 494 510 000, this represents a surplus of 238.11 million dollars. However, this is lower than in 2009, when the institution recorded a positive balance of 252,70 million dollars in revenue.

The increase in the collection of INSS revenue results from an expansion of services throughout the country. 1,191,655 taxpayers were served by July 2013, compared with about 800 000 registered in 2009. The Angolan Social Security System currently reaches the employees of 72,972 companies whose contributions are equivalent to 8 % of taxable labour income, and 1,118,683 who have deductions of 3% of their salaries. The most critical problems of the Social Security Service is the exclusion of workers in the informal market sector from benefiting from the system and the failure of some companies to pay their required contributions on time. The Social Security portfolio is managed conservatively with financial reserves deposited in commercial banks, invested in the real-estate markets and in 15% share holdings in the state bank BPC.

Manuel Moreira, que é apresentado neste artigo / Manuel Moreira, who is featured in this article.

AddThis